Bem-vindo ao site do CEH Ricardo Nardelli

INVENTÁRIO MUNICIPAL DE BENS CULTURAIS MUSEALIZADOS

 

De 06 a 31 de agosto, o Centro de Exposições e História Ricardo Nardelli ficou fechado ao público para a realização do Inventário Municipal de Bens Culturais Musealizados 2018. Durante esse período, os funcionários do CEH fizeram o levantamento detalhado de todos os objetos expostos e em reserva.

 

O que é o inventário?

 

O inventário é o arrolamento, ou a contagem, de todos os objetos do acervo museológico. Neste processo, são listados, medidos, fotografados e classificados cada item, que passa a ser registrado em uma ficha catalográfica.

 

Quais museus foram atendidos?

 

Foram inventariados os acervos do Museu Histórico Municipal Família Pires e da Pinacoteca Municipal Guilherme de Carvalho Dias.

 

Para que inventariar?

 

O inventário é uma modalidade de proteção que visa evitar o perecimento ou a degradação do acervo, assim como ajuda a promover sua preservação e segurança. A lista final do inventário também serve como um importante instrumento de divulgação do acervo, pois será disponibilizada no site www.ceh-rp.site.

 

Base legal

 

O inventário é uma exigência do Estatuto Nacional dos Museus (Lei Federal 11.904/2009). O art. 39 diz claramente que “é obrigação dos museus manter documentação sistematicamente atualizada sobre os bens culturais que integram seus acervos, na forma de registros e inventários”. O Decreto 8124/2013, que regulamenta o Estatuto, também reforça a necessidade de todos os museus brasileiros inventariarem os seus acervos.

EXTRATO PUBLICADO

NO DIÁRIO OFICIAL

INVENTÁRIO COMPLETO MUSEU HISTÓRICO MUNICIPAL

INVENTÁRIO COMPLETO PINACOTECA

EDITAL DE DESCARTE

AUTORIZADO PELO CONSELHO

Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires. 2017.