APOIE O MUSEU DA SUA CIDADE!

VISITE. DOE. PATROCINE.

CEH RECEBE ÍNDIA TAPUIACY, OBRA MÁXIMA DE GILDO ZAMPOL

Filha de escultor ribeirão-pirense, autor de obras renomadas no País, doou peça ao acervo municipal da Prefeitura

 

O Centro de Exposições e História de Ribeirão Pires “Ricardo Nardelli” recebeu no último mês a doação de obra de artista renomado no cenário nacional, a “Índia Tapuiacy”, do ribeirão-pirense Gildo Zampol (1911-1995). A escultura foi doada por Elder Zampol, filha do artista, e integra o acervo de visitação do Centro de Exposições (Rua Miguel Prisco, 286 – Centro; ter. a sex., das 9h às 17h).

 

A escultura “Índia Tapuiacy” é moldada em gesso, pesa 140 kg e possui 1,65 de altura. Autor da escultura do padroeiro da cidade, instalada no topo do Mirante São José, Gildo Zampol manifestou o seu dom pela escultura ainda criança. O artista tinha um atelier em São Paulo, mas escreveu parte de sua história em Ribeirão.

 

Ao participar da 42ª Exposição Coletiva no Salão Paulista de Belas Artes, em São Paulo, no ano de 1984, atingiu o ponto alto de sua carreira, recebendo como prêmio o “Diploma” e “A Grande Medalha de Ouro” pela obra intitulada  “Índia Tapuiacy”. Ao receber esse prêmio máximo, o artista torna-se "hours-concours", não podendo mais participar de concursos, passando a ser membro-júri de outros expositores.

 

Elder Zampol conta a sensação de doar a obra ao município ribeirão-pirense. “Há alguns anos, foi-me dada à honra de recebê-la como presente de meu pai. Mesmo morando em São Paulo, meu pai constantemente nos levava a Ribeirão Pires, em visita a nossos avós, sempre irradiando alegria por estar na sua cidade natal que tanto amava. Referia-se a ela carinhosamente pelo seu título de ‘Pérola da Serra’”, lembrou.

 

A filha do escultor conta, ainda, sobre o carinho de seu pai pela cidade. “Tinha ele a satisfação por ter feito a estátua de São José, colocada no alto do morro,  como a abençoar a cidade. Por este e por vários outros motivos, foi que me decidi a doar a estátua ‘Índia Tapuiacy’ à Pinacoteca Municipal de Ribeirão Pires, para que possa ser apreciada pelos seus conterrâneos e membros da sua família residentes em Ribeirão Pires, e que sintam orgulho desse grande artista ter nascido em sua cidade. Estou feliz por prestar essa homenagem ao meu pai. Ele é motivo de grande orgulho para nós, seus familiares”.

 

Muitas outras obras de autoria de Gildo Zampol estão localizadas em várias partes do Brasil. Uma delas é o busto do desbravador do Pantanal Mato-grossense, Joaquim Eugênio Gomes da Silva, sendo essa a primeira obra em escultura a ser reproduzida em selo no Brasil.

 

Fotos: Gabriel Mazzo (Secretaria de Comunicação)

Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires. 2017.